ss

O que é a asma?

Também conhecida como asma brônquica ou bronquite asmática é causada por uma inflamação crônica dos brônquios. Esta inflamação produz um estreitamento das vias aéreas, devido ao edema (inchaço) na mucosa brônquica, contração e estreitamento dos brônquios e produção excessiva de muco (catarro).

 

Sintomas:

As crises de asma variam em frequência e gravidade:

- Alguns indivíduos não apresentam sintomas na maior parte do tempo, manifestando-os nas crises de curta duração e ocasionais;

- Outros indivíduos apresentam sintomas na maior parte do tempo e, além disso, apresentam crises graves e prolongadas;

- O choro ou o riso forte também podem desencadear os sintomas em crianças pequenas;

- Em alguns indivíduos, a atividade física, principalmente as de maior intensidade, pode desencadear crise de asma em pacientes predispostos.

- Uma crise de asma pode ter início súbito com o indivíduo apresentando: tosse, falta de ar e dificuldade para respirar, chiado no peito e sensação de opressão ou aperto no tórax.

 

Como evitar as causas comuns das crises de asma?

- É importante tentar identificar a causa da asma, sendo os fatores alérgicos domésticos os mais frequentes, como por exemplo: poeira, ácaros, mofo, baratas, resíduos da descamação da pele e pelos de animais domésticos;

- Qualquer medida para diminuir a exposição a essas causas pode auxiliar na redução do número ou da gravidade das crises.

- A exposição a ácaros da poeira pode ser reduzida pela remoção de carpetes e tapetes que recobrem o assoalho;

- Deve-se evitar varrer o piso e espanar os móveis. A limpeza deve ser feita com aspirador de pó e/ou pano úmido;

- Capas especiais para travesseiros e colchões também ajudam a reduzir a exposição aos ácaros e à poeira;

- Deve-se evitar a presença de gatos e cães, principalmente no quarto de dormir, para que ocorra uma diminuição da exposição dos indivíduos sensíveis a esses fatores desencadeantes;

- Vapores e fumaças irritantes, como fumaça de cigarro, também devem ser evitados;

- Em alguns asmáticos, a crise pode ser desencadeada pela aspirina e por outras drogas anti-inflamatórias;

- As crises de asma podem ser prevenidas se os fatores que a provocam forem identificados e evitados.

 

Tratamento:

O tratamento para a asma é eficiente e seguro, desde que feito sob orientação e acompanhamento médico adequado.

Os broncodilatadores e os corticoides inalatórios são as principais opções terapêuticas no tratamento dessa doença.

Os principais objetivos do tratamento são:

- manter o asmático controlado da doença;

- permitir que leve uma vida sem restrições;

- evitar que o asmático precise procurar serviços de urgência e submeter-se a internações hospitalares devido à doença;

- evitar que o portador tenha uma piora de sua função pulmonar futuramente.